Biodiversidade de Alta Floresta atrai turistas de vários estados e países

E encanta com suas belezas naturais

Sabe aquele lugar que todo mundo deve conhecer uma vez na vida? Alta Floresta, no extremo norte de Mato Grosso é um deles, pois, além de oferecer contato com a natureza para renovar suas energias, ainda é uma cidade onde é possível conhecer os encantos do bioma amazônico. A vocação turística do município é grande e atrai pessoas de vários estados e países. Dados da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo apontam que apenas em 2018 desembarcaram no aeroporto do município 31.535 pessoas.

Alta Floresta é uma cidade bela, arborizada e banhada pelos rios Teles Pires, Paranaíta e Cristalino. Rica em belezas naturais, fauna e flora a cidade possui boa infraestrutura hoteleira, com diversas pousadas que oferecem local para observação de aves, ecoturismo, atividades de pesca esportiva, turismo de aventura como arvorismo e trekking, além de trilhas ecológicas, safari fotográfico e passeios de barcos.

Uma das principais atrações turísticas de Alta Floresta é o Parque Estadual Cristalino, criado em 2001 com a finalidade de proteger e preservar a região, que abriga uma variedade incrível de fauna e flora em 184 mil hectares. São mais de 500 espécies de aves (50 endêmicas), entre elas está o Torom-de-Alta-Floresta (Hylopezus whittakeri) nova espécie de ave encontrada na Amazônia, além de 43 espécies de répteis, 16 de peixes, 29 de anfíbios e 36 de mamíferos, entre eles o raro macaco-aranha-de-cara-branca que é símbolo do parque.

Para os amantes das flores há um espaço privilegiado para a observação de mais de 5 mil orquídeas, bromélias, cactos, antúrios, helicônias, entre outras espécies que estão espalhadas pelo Recanto das Orquídeas, uma chácara de 20 mil m², cuidada pela bióloga Apolônia Grade.

Outro lugar para se visitar é o Museu de História Natural de Alta Floresta, projeto de pesquisa e extensão da Universidade do Estado de Mato Grosso que reúne em seu acervo bens do patrimônio histórico e cultural da região do extremo norte como fósseis, utensílios de pedra, minerais e outras peças arqueológicas. Na Casa do Artesanato é possível conhecer as peças típicas da região, como luminárias, enfeites de cachos de coqueiros e objetos de madeira com marchetaria de cipó.

Um dos símbolos do município, o avião Douglas DC-3 foi oficializado patrimônio cultural e está em exposição na Praça da Cultura. Essa aeronave foi fabricada em 1942 nos Estados Unidos pertenceu a Cruz Vermelha Internacional e foi usada durante a 2º Guerra Mundial, logo que terminou a guerra foi para a força aérea de Belém (PA) e no final dos anos 70 os aviões começaram a ser vendidos pela força aérea Brasileira.

Entre 1980 e 1985 o Douglas DC-3 se tornou essencial para a população de Alta Floresta e era muito usado para transportar colonos, garimpeiros e cargas. No dia 28 de janeiro de 2006 o avião foi doado ao município pelos pilotos e proprietários Wilson Clever Lima e William José Lima (Irmãos Metralha). Turistas e os altaflorestenses visitam constantemente a praça e fazem questão de fotografar e serem fotografados ao lado desse patrimônio histórico cultural. 

A JMD Urbanismo e a Família Arpini acreditam fortemente em Alta Floresta, não apenas por sua vocação no turismo, mas também por ser destaque nacional na pecuária e um polo comercial, médico e educacional do extremo norte do estado, além de ser o centro da nova fronteira agrícola do Brasil. Essa crença os fez empreender um completo condomínio fechado na cidade, o Hamoa Resort Residencial, e agora iniciar mais um grande projeto, o Aquarela Hamoa Bairro Planejado Aberto, que além de proporcionar muita qualidade de vida aos seus proprietários, colaborará inclusive com o turismo da cidade com sua fonte ornamental, bosques, áreas de lazer e um belo lago com jatos de água iluminados. Em breve muitas novidades sobre o bairro que fará parte desta nova Alta Floresta que está surgindo, aguarde.

Fonte: Assessoria
Fotos: Divulgação

Matéria publicada também no jornal O Diário e no site Notícia Exata

(Visited 455 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *