Condomínios fechados horizontais oferecem maior segurança e tranquilidade

Condomínios fechados ofertam mais segurança, esporte e lazer

Cada vez mais as pessoas procuram morar em locais com maior segurança, com itens de esportes e lazer, além de espaços para construir o projeto dos sonhos em moradia. Essas e outras vantagens são oferecidas aos moradores de um condomínio fechado horizontal possibilitando mais contato com a natureza e liberdade para viver e ver os filhos crescerem livremente.

Devido a segurança, tranquilidade e liberdade proporcionadas, os condomínios fechados horizontais representam uma nova tendência no mercado imobiliário. A maioria desses empreendimentos oferece controle de acesso, monitoramento por câmeras instaladas em pontos estratégicos, vigilância interna motorizada 24 horas e muros altos com cerca elétrica industrial para garantir a proteção de seus condôminos.

Esses empreendimentos geralmente oferecem aos moradores várias opções de lazer como playground para as crianças, área de convívio em meio a natureza, além de quadras para praticar esportes com a família e amigos, salões sociais para festas, entre outros itens e serviços.

Viver em um condomínio é viver em uma comunidade estruturada. As ruas internas possuem controle de velocidade proporcionando mais segurança na trafegabilidade. Pistas de caminhadas e ciclovias proporcionam uma maior tranquilidade para pedestres e ciclistas.

Muitas urbanizadora e construtoras investem em planos para o crescimento e valorização da região e não apenas em seu empreendimento. A JMD Urbanismo e Família Arpini são exemplos, com a implantação do trevo de acesso aos empreendimentos Hamoa Resort Residencial e Aquarela Hamoa Bairro Planejado, na rodovia MT-208 proporcionando acesso rápido e seguro para moradores e toda a comunidade.

O conceito de morar bem vai além de ter uma casa boa. Significa poder oferecer as pessoas que amamos a tranquilidade e a segurança de poder viver intensamente, com qualidade de vida e muito mais bem-estar. Em um condomínio fechado, os pais ficam despreocupados e podem observar as crianças brincando livremente na rua sem medo, ou até mesmo em um parque aquático com equipamentos e brinquedos próprios para eles.

Fonte: assessoria

Notícia publicada no jornal impresso O Diário e no site Notícia Exata

(Visited 47 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *